WSL
Dobradinha brasileira no Rancho
Campeão Mundial de 2014 entrou para as últimas ondas já com o título garantido. Filipe Toledo termina na segunda colocação e segue na liderança do ranking.
Por Globo Esporte em 10/09/18
 

A disputa da final em Surf Ranch foi um duelo particular entre Gabriel Medina e Filipe Toledo.  

 
Os melhores no Ranch: Filipe Toledo e Gabriel Medina esquentam a briga pelo título mundial.
Kelly Cestari / WSL.
 
Publicidade

Os primeiros colocados do ranking do Circuito Mundial foram responsáveis pelas melhores apresentações do dia. Melhor para Medina, que venceu a segunda etapa seguida - antes havia levado o título em Teahupo'o, no Taiti -, e se aproximou ainda mais na briga pela liderança do ranking. O resultado mantém Filipe em primeiro na classificação, mas a diferença para Medina cai de 6.300 para 4.100 pontos. A próxima etapa será em Landes, na França, entre os dias 3 e 14 de outubro.

O domínio brasileiro na Liga Mundial de Surfe impressiona em 2018. Das oito etapas disputadas até aqui na temporada, sete foram vencidas por brasileiros: Medina, Filipinho e Ítalo Ferreira tem duas vitórias cada, e Willian Cardoso ganhou outra etapa. Julian Wilson (AUS) foi o único a se intrometer no domínio brasileiro.

Em sua segunda onda para a esquerda, Medina completou um kerrupt que valeu 9.13. Somado a um 8.73, o campeão terminou o evento com um total de 17.86. Filipe voou três vezes na direita finalizando com um alley opp, mas mesmo com a maior nota do evento, um 9.80, não conseguiu alcançar Gabriel.

O australiano Julian Wilson, terceiro colocado no ranking, foi o penúltimo atleta a se apresentar e depois de cometer alguns erros já não conseguiu alcançar Medina e o campeão mundial de 2014 entrou para suas últimas ondas já com o título garantido. Antes da rodada final cada surfista teve a oportunidade de surfar uma onda adicional para a esquerda. A organização decidiu pela nova chance depois de confirmar irregularidades na formação da onda.

Miguel Pupo, que não faz parte da elite em 2018 mas foi convidado para o evento, terminou em oitavo, com uma onda excelente para a esquerda que valeu 8.13. O palco da disputa encerrada neste domingo (9) foi a piscina artificial idealizada por Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo, em Lemoore, no interior da Califórnia (EUA).

Classificação final masculino em Surf Ranch

1º Gabriel Medina (BRA)
2º Filipe Toledo (BRA)
3º Kelly Slater (EUA)
4º Kanoa Igarashi (JPN)
5º Owen Wright (AUS)
6º Julian Wilson (AUS)
7º Sebastian Zietz (HAV)
8º Miguel Pupo (BRA)

Entre as mulheres, a havaiana Carissa Moore já entrou na água para as duas últimas ondas com o título garantido, o primeiro deste ano. Dona dos maiores somatórios durante todo o evento, a tricampeã mundial fez um total de 17.80 e deu poucas chances às adversárias no dia final.

A líder do ranking, a australiana Stephanie Gilmore, terminou em segundo, seguida das americanas Lakey Peterson e Caroline Marks.

Classificação final feminino em Surf Ranch

1º Carissa Moore (HAV)
2º Stephanie Gilmore (AUS)
3º Lakey Peterson (EUA)
4º Caroline Marks (EUA)

 

 
 
 
 
 
 
 
Publicidade
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Veja também:
 
 
 
 
 
 
 
Mais Notícias
 
 
 
Publicidade